Menu

  • GoDronne 01
    Estaleiro Atlântico Sul
  • GoDronne 01
    Vitarella Recife
  • GoDronne 01
    Freitas Construções Recife
  • GoDronne 01
    Obra Itaipava Recife

Godronne

A Godronne é uma empresa 100% brasileira, localizada no Recife, criada por um amante do modelismo radio controlado, da fotografia e do cinema. Desde 2012 a Godronne oferece serviços de captação de imagens aéreas com equipamentos radio controlados e com câmeras de alta resolução e captação de imagens estabilizadas em geral. Temos o propósito de de entregar um produto de alta qualidade, aliando a técnica no manuseio e pilotagem de drones à sensibilidade na captura de imagens, através da formação e experiência em fotografia do criador da empresa.

Estamos em constante atualização com os dispositivos e técnicas mais modernas para produzir sempre imagens surpreendentes. Da mesma forma, estamos comprometidos com segurança e confiabilidade para garantir operações de excelência.

Nosso maior objetivo é resolver problemas com soluções impensáveis. Somos movidos pela curiosidade, isto faz da Godronne uma empresa inovadora.

Empresa 100% brasileira

SERVIÇOS

Principais Aplicações

  • Filmagem aérea;
  • Topografia Digital;
  • Inspeção de construção e projetos diversos;
  • Visualização de Imóveis & Inspeção Planejamento Urbano;
  • Avaliação de Desastres;
  • Monitoramento Ambiental & Manejo Florestal;
  • Mapeamento aéreo;
  • Vídeos institucionais;
  • Publicidade e Propaganda;
  • Geo Mapeamento;
  • Inspeções em áreas remotas;
  • Acompanhamento de obras;
  • Exposição de marcas;
  • Eventos em geral;

Fotografia Aérea

  • Mapeamento aéreo – ortomosaicos
  • Modelo Digital do Terreno (DTM / DSM)
  • Pontos de Nuvem
  • Modelo 3D

Topografia Via Drone

  • Topografia em zonas com difícil acesso
  • Levantamentos para estudos preliminares
  • Curvas de nível
  • Cálculos volumétrico

Minas

  • Cálculos volumétrico

Curvas de Nível

As curvas de nível são linhas que ligam todos os pontos com a mesma altitude no terreno, descrevendo a topografia em intervalos até 1 m. Este produto pode ser exportado para programas CAD ou SIG.

Modelo Digital de Superfície (DTM / DSM)
A partir dos pontos gerados no processamento, é criado o Modelo Digital de Superfície do Terreno, que consiste numa imagem com os valores altimétricos do terreno, da vegetação, de casas ou outros objetos presentes na área sobrevoada.

Este modelo permite gerar o mapa de declives, de ensombramento e insolação, entre muitos outros necessários ao planeamento de plantações, intervenções ou à prevenção contra a erosão, por exemplo.

Toda construção registrada em vídeo

Se você tem algum empreendimento e deseja registrar em vídeo todas as etapas de sua construção, a time-lapse para obras é a melhor opção.
Realizamos a captura e documentação fotográfica via time-lapse de seu empreendimento do início ao final da obra independente da duração.

Time-lapser para construção civil

A criação do vídeo time-lapse pode ser aplicado durante a construção de edifícios, galpões, casas, viadutos, obras públicas, obras de infra-estrutura ou até mesmo na restauração de antigas fachadas ou monumentos.
Oferecemos toda a infra-estrutura necessária para realizar o registro em vídeo de sua obra

Imagens aéreas
Imagens Aéreas

Nossos drones farão a captação das imagens do seu empreendimento.

Imagens em solo
Imagens em Solo

Nossa equipe de fotógrafos fará a captação das imagens de sua obra sob vários ângulos.

Timelapse
Timelapse

Faremos a captação das imagens, mostrando todas as etapas de construção da sua obra.

Finalização do vídeo
Finalização do vídeo

Faremos a edição do vídeo juntando todas as etapas do processo, dando o acabamento final.

Resultado
Resultado

Você terá o vídeo institucional do seu empreendimento para usá-lo na mídia que quiser.

Uma empresa inovadora

Desde 2012 a Godronne oferece serviços de captação de imagens aéreas

com equipamentos radio controlados e com câmeras de alta resolução.

Solicite agora seu

ORÇAMENTO

Portfólio

Filmagem aérea Centro de Conveções João Pessoa...
Filmagem aérea Villas Residence Surubim
Filmagem aérea Reserva do Paiva
Estação de tratamento de esgoto
Filmagem aérea Clube de Remo – Sport Clube do R...
Filmagem aérea acompanhamento de obra Conic. 2/03...
Filmagem aérea Estação Tratamento de Esgoto Via...

Filmagem aérea Centro de Conveções João Pessoa/PB por Godronne Recife/PE

Filmagem aérea da fase de acabamento do Centro de Convenções de João Pessoa.

Link: http://www.viaengenharia.com.br/portifolio/default.asp

Filmagem aérea Villas Residence Surubim

Filmagem aérea da fase de acabamento do Villas Residence Surubim, na cidade de Surubim – PE , obra realizada pela Ebase.

Link: http://villasresidence/surubim/

Filmagem aérea Reserva do Paiva

Filmagem e Fotografia aérea dos empreendimentos à beira-mar realizados pela Odebrecht na Reserva do Paiva em Pernambuco.

Link: http://www.orealizacoes.com.br/busca?®iao=PE&categoria=hoteis

Estação de tratamento de esgoto

Filmagem aérea da obra de tratamento de esgoto realizado pela Construtora Sam em Recife.

Link: http://www.construtorasam.com.br/

Filmagem aérea Clube de Remo – Sport Clube do Recife

Filmagem aérea de aula de remo do Sport Clube do Recife.

Link: http://www.sportrecife.com.br/esportes/remo.cfm

Filmagem aérea acompanhamento de obra Conic. 2/03/2015

Filmagem aérea Estação Tratamento de Esgoto Via Engenharia

Filmagem aérea da fase de acabamento do Centro de Convenções de João Pessoa, obra realizada pela Construtora Via Engenharia.

Link: http://www.viaengenharia.com.br/portifolio/default.asp

Notícias

Teste de noticia lorem ipsum dolor adverssus pruchastis

20/09/2016

cacsacsac teste de conteudo lorem ipsum dolor 

Diversificado, mercado de drones cresce no Brasil mas aguarda regulamentação.

08/03/2016

Multifuncionais, os drones estão sendo usados nas mais em diversas áreas: combate ao Aedes aegypti, fotografia e filmagem profissionais, mapeamento geográfico e até estratégias militares. Com uma gama enorme de possibilidades, o mercado dos objetos voadores não tripulados está em alta no Brasil. Somente em 2016, a expectativa é de que o setor arrecade até R$ 200 milhões com vendas de equipamentos, treinamentos de pilotos e prestação de serviços.

Estes dados são extra oficiais e foram compilados pela empresa MundoGEO, líder na América Latina em soluções integradas de mídia e comunicação para o setor geoespacial e de localização. Apesar do sucesso, a evolução do ramo esbarra na falta de regulamentação de normas para manipulação desses equipamentos e, ao “pé da letra”, todos que usam os drones para fins comerciais estão desobedecendo a lei.

Diretor da Santos Lab Indústria Aeroespacial, empresa que desenvolve e fabrica aeronaves não tripuladas para clientes nos setores militar e civil, Adriano Kancelkis Pereira acredita que o mercado tem mostrado que existe uma grande demanda reprimida em vários setores, desde segurança pública, mineração, meio ambiente, além de outros que ainda podem surgir. “É muito importante uma regularização da operação destes sistemas no mercado. Para isso, é vital que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) dê o próximo passo na direção da regulamentação da utilização comercial destas aeronaves no espaço aéreo brasileiro”, comentou o executivo.

Também de olho nas possibilidades de negócio, o fotógrafo Raphael Lima, 28 anos, criou a empresa recifense GoDronne, que presta serviços de foto e vídeo com imagens aéreas e seus principais clientes fazem parte do setores imobiliário e da indústria. Após um investimento de R$ 25 mil na compra de três aeronaves de pequeno porte – que capturam imagens em 4k – ele tem visto a empresa dar retorno. Por 10 minutos de voo ele cobra entre R$ 800 (fotos) e R$ 1.500 (vídeo). Por semana, a empresa costuma fazer dois sobrevoos.

“Nossos drones são daqueles que pesam menos de 5 kg e não têm muita proibição para uso. Mas nós tomamos todos os cuidados de não voar perto de pessoas e numa altura que não ultrapasse os 120 metros. Não fazemos eventos como shows, onde pode haver uma multidão ou algo do tipo”, explicou o fotógrafo que é apaixonado por aeromodelismo desde a adolescência.

“Não é chegar, comprar um drone na internet e sair voando. Eu piloto aeromodelo já faz uns 10 anos, tenho alguns aviões, mas sempre busco um local ideal como um aeródronomo, tenho seguro e tudo mais”, comentou Raphael que é a favor da criação de normas específicas para drones, assim como defende uma espécie de carteira de habilitação para pilotar os equipamentos.

Além das questões de segurança que devem ser reforçadas com a regulamentação, o presidente da Associação Brasileira de Multirrotores (ABM), Flávio Lampert, acredita que com novas as regras o mercado pode crescer ainda mais, além de se tornar mais profissional e confiável. “Quando houver as regras da Anac haverá a divisão entre as empresas sérias que se adequarão e prestarão um serviço mais confiável, e aqueles que vão viver à margem, com contratos menores, já que as empresas sérias irão querer os profissionais que podem lhe dar garantias.”

Esse tipo de fiscalização dificultaria situações como a que uma quadrilha usava drones para mapear e preparar locais que seriam assaltados. O grupo, detido em São Paulo, era acusado de usar a mesma tática em ações criminosas realizadas em cinco Estados brasileiros.

Com a profissionalização deste tipo de negócio, a estimativa dos especialistas na área é de que novos empregos sejam criados, abrindo espaço para até 5 mil profissionais somente este ano no Brasil. “Nossa expectativa é de que as regras sejam publicadas antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, até por causa da segurança dos atletas estrangeiros”, pontuou Flávio Lampert, da ABM. A Anac encerrou uma consulta pública em novembro do ano passado e promete que as regras entrarão em vigor até o dia 5 de agosto. Se a proposta da agência for aceita, o uso recreativo dos drones será proibido em áreas urbanas e povoadas.

“Não é chegar, comprar um drone na internet e sair voando; defendo a criação de uma carteira de habilitação”

Raphael Lima, fotógrafo e empresário

Enquanto a regulamentação das normas ainda não é efetivada no Brasil, cabe à Anac tratar dos assuntos técnicos/operacionais voltados às condições das aeronaves (certificação, registro, cadastro, etc) e à situação dos pilotos (licenças, requisitos, cadastros, etc). Já as autorizações relacionadas de uso dos espaços aéreos durante os voos ficam a cargo do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), ligado à Aeronáutica. Entre as exigências está a que prevê que os pedidos de voos sejam feitos com antecedência de 48 horas.

Também no fim de novembro, o Decea publicou uma instrução sobre o uso do espaço aéreo por drones que vem sendo usada como parâmetros paras quem deseja trabalhar com esses aparelhos. Entre elas, os equipamentos só poderiam ser usados para uso comercial se operados a até 120 metros do solo, com drones cadastrados, numa distância mínima de 30 metros de pessoas. Ainda haverá obrigação de contratar um seguro de danos a terceiros.

Fonte: NE10

MAIS NOTÍCIAS:

Contato

Rua Bruno Veloso, 268, Sala 104 - Boa Viagem -
Recife/PE - CEP: 51021-280
Fone: (81) 9759-2732 / (81) 9759-2664
E-mail: godronne@hotmail.com
Atendimento: Segunda à Sexta-Feira - 8:00h até 18:00h